Bloco link grande 2

Folclore: Parlendas

Parlendas

É uma arrumação de palavras sem acompanhamento de melodia, mas às vezes rimada, obedecendo a um ritmo que a própria metrificação lhe empresta. A finalidade é entreter a criança, ensinando-lhe algo. No interior, aí pela noitinha, naquela hora conhecida como “boca da noite”, as mulheres costumam brincar com seus filhos ensinando-lhes parlendas, brinquedos e trava-línguas. Uma das mais comuns é a elas ensinam aos filhos apontando-lhes os dedinhos da mão – Minguinho, seu vizinho, pai de todos, fura bolo e mata piolho. Quando os ensina a bater palmas ou balança a rede, o berço ou a cadeira, diz:
-
Palma, palminha, Palminha de Guiné
Pra quando papai vié, Mamãe dá a papinha,
Vovó bate cipó, Na bundinha do nenê.
Outras variantes são:
Bão, babalão, Senhor Capitão,
Espada na cinta, Ginete na mão.
Em terra de mouro Morreu seu irmão,
Cozido e assado No seu caldeirão.
0u
Bão-balalão!
Senhor capitão!
Em terras de mouro Morreu meu irmão,
Cozido e assado Em um caldeirão;
Eu vi uma velha Com um prato na mão,
Eu dei-lhe uma tapa Ela, papo... no chão!
-
Hoje é domingo Pé de cachimbo
Cachimbo é de barro Bate no jarro
O jarro é de ouro Bate no touro
O touro é valente Bate na gente
A gente é fraco Cai no buraco
O buraco é fundo Acabou-se o mundo.
0u
Amanhã é domingo, Pé de cachimbo;
Galo monteiro Pisou na areia
A areia é finaQue deu no sino
O sino é de prata Que deu na barata
A barata é de ouro Que deu no besouro
O besouro é valente Que deu no tenente
O tenente é mofino Que deu no menino...
ou
Dinglin... dingues, Maria Pires?
Estou fazendo papa! Para quem Para João Manco.
Quem o mancou? Foi a pedra.
Cadê a pedra? Está no mato. Cadê o mato?
O fogo queimou. Cadê o fogo?
A água apagou. Cadê a água?
O boi bebeu. Cadê o boi?
Foi buscar milho. Para quem?
Para a galinha. Cadê a galinha?
Está “pondo”. Cadê o ovo?
O padre bebeu.Cadê o padre?
Foi dizer a missa. Cadê a missa?
Já se acabou!
0u
Cadê o toicinho daqui? O gato comeu.
Cadê o gato? Foi pro mato.
Cadê o mato? O fogo queimou.
Cadê o fogo? A água apagou.
Cadê a água? O boi bebeu.
Cadê o boi? Foi amassar trigo.
Cadê o trigo? A galinha espalhou.
Cadê a galinha? Foi botar ovo.
Cadê o ovo? O padre bebeu.
Cadê o padre? Foi rezar a missa.
Cadê a missa?
Já se acabou!
Os portugueses denominam as parlendas cantilenas ou lengalengas. Na literatura oral é um dos entendimentos iniciais para a criança e uma das fórmulas verbais que ficam, indeléveis, na memória adulta.
Fonte:Folclore Brasileiro / Nilza B. Megale- Petrópolis: Editora Vozes, 1999. Dicionário do Folclore Brasileiro - Câmara Cascudo, Rio de Janeiro: Ediouro Publicações S.A. sem data

7 comentários:

Anônimo disse...

Bom, vcs precisam falr mais coisas sobre a paelenda, por exemplo, de onde surgiram as parlendas, quem foi seu autores, como são criadas, neste site tem as mesmas coisas que outros sites tens, vcs devem melhorar muita coisa, está muito longe para isto ser considerado um site.
Não gostou do que eu escrevi, não publica.

CG disse...

Normalmente não publico comentários de anônimos – pois acredito que pessoas serias e bem intencionadas(críticas construtivas) não tem medo de se identificar porem fiz questão de publicar e responder:

O Criança Genial não é um blog especialista nos assuntos publicados. Procura-se divulgar temas ligados ou não a criança e que de uma forma geral – leve a outras pesquisas. Na verdade amigo anônimo – você deve ter dificuldades em pesquisar - talvez pela metodologia aplicada de busca . Uma dica eu dou: a internet é uma ferramente para agregar valor e não ser o próprio valor. Faça pesquisas também em bibliotecas, centros culturais, reunião com amigos e pessoas que buscam a mesma finalidade de estudos e pesquisas: e com certeza – você achará o que procura.
Boa sorte e obrigado pela visita!!

Marinho disse...

Dá vontade de rir. Perguntar por autores de "parlendas"? Elas são do povo. O povo é seu dono. Não existe autor. Ninguém jamais saberá quem escreveu uma parlenda.
O máximo que se pode é dizer de que país uma ou outra é originária. Só. O resto é vontade de criticar mesmo.

William disse...

É isso Marinho. Bem esclarecido.
Em relação ao comentário anterior - em relação aos anônimos -agora já é permitido - porem com moderação do C.G.

auxiliadora disse...

Adoro parlendas,
quando vejo lembro das musiquinhas que minha mãe cantava.

ANA CAROLINA disse...

Excelente seu blog... Estou utilizando para preparar minhas aulas.. Continue assim BRILHANDO

Anônimo disse...

amei suas publicações! me ajudaram bastante e olha que procurei em vários lugares na internet e só encontrei o que precisava aqui e muito simples por sinal
bjoo e obrigado pelo trabalho!
#Amanda L.

*Desculpe por não me identificar to correndo com meu trabalho.

test

Frase

"Um dos momentos inesquecíveis da vida de qualquer criança é quando, pela primeira vez, ela junta uma letrinha, mais outra, e mais várias delas e começa a... ler! É uma conquista tão importante que será usufruída pelo resto de sua vida e abrirá, a cada dia, uma nova janela para o mundo."

Maurício de Sousa


Vamos curtir

Postagens mais populares no Criança Genial

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Uma linda canção: Voltar a ser Criança